sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Nevernight, de Jay Kristoff

O gato feito de sombras também estava ali.  Enroscado na sombra aos pés dela enquanto não era necessário. É mais fresco na sombra, como você sabe. Um sujeito perspicaz teria notado que a sombra da garota era um pouco mais escura que a dos outros. Um sujeito perspicaz teria notado que era escura o bastante para dois.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Anônimo

Amor "Suas palavras me cortam a pele E eu sangro Eu rasgo meus sonhos Me viro do lado,do avesso Apago meu rastro Pago o seu preço Ar...